Dia #11 da campanha Está em suas mãos – ReHuNa nos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra mulheres

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Luciana está com a ReHuNa pela garantia de assistência adequada e respeitosa a todas as mulheres durante a gravidez, parto e pós parto. E você, já assinou nossa petição? O link é o seguinte: http://chng.it/hQ8zfhmh

Por conhecer os benefícios do parto vaginal frente a uma cesárea sem indicação médica e por querer ter a melhor experiência de parto possível, Luciana buscou por esse tipo de assistência desde o início da gravidez.

Os motivos e benefícios que ela experienciou ao ter assistência de uma equipe humanizada são:

1 – segurança nos profissionais que a assistiram

2 – possibilidade de parir onde se sentia mais segura e a vontade.

3 – acolhimento do parceiro para que ele fizesse parte de todo o processo

4 – sua gravidez foi encarada como um fenômeno de saúde e não patológico

5 – liberdade de movimento e escolha de posições

6 – ser respeitada em sua liberdade

7 – procedimentos com o recém nascido foram como o planejado

8 – hora de ouro garantida

9 – recuperação rápida após o parto

10 – experiência positiva de parto que a faz desejar o mesmo atendimento no futuro

Depoimento: Luciana Fernandes
Realização: ReHuNa
Apoio: ECOS UnB e Rádio Web Saúde UnB

View this post on Instagram

Luciana está com a ReHuNa pela garantia de assistência adequada e respeitosa a todas as mulheres durante a gravidez, parto e pós parto. E você, já assinou nossa petição? O link está no perfil! Por conhecer os benefícios do parto vaginal frente a uma cesárea sem indicação médica e por querer ter a melhor experiência de parto possível, Luciana buscou por esse tipo de assistência desde o início da gravidez. Os motivos e benefícios que ela experienciou ao ter assistência de uma equipe humanizada são: 1 – segurança nos profissionais que a assistiram 2 – possibilidade de parir onde se sentia mais segura e a vontade. 3 – acolhimento do parceiro para que ele fizesse parte de todo o processo 4 – sua gravidez foi encarada como um fenômeno de saúde e não patológico 5 – liberdade de movimento e escolha de posições 6 – ser respeitada em sua liberdade 7 – procedimentos com o recém nascido foram como o planejado 8 – hora de ouro garantida 9 – recuperação rápida após o parto 10 – experiência positiva de parto que a faz desejar o mesmo atendimento no futuro Depoimento: Luciana Fernandes Realização: ReHuNa Apoio: ECOS UnB e Rádio Web Saúde UnB #estáemsuasmãos #desnecesareanao #16diaspelofimdaviolênciacontramulheres #rehuna #cesareadesnecessaria #violencianaatencaoobstetrica #partodomiciliar #partohumanizado

A post shared by ReHuNa (@rehunabrasil) on

Leia Também