Pesquisa de estudo do comportamento e condições de vida da população durante os períodos de distanciamento social para conter a rápida disseminação do novo coronavírus

Compartilhar

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Um consórcio internacional formado por 20 países dará início à segunda fase da pesquisa nesta quinta, 23, que estuda o comportamento e as condições de vida da população durante os períodos de distanciamento social para conter a rápida disseminação do novo coronavírus.

A pesquisa é coordenada no Brasil pela Dra. Edlaine Faria de Moura Villela, Professora da Universidade Federal de Jataí/Goiás e ex-aluna da Faculdade de Saúde Pública da USP (FSP/USP). Conta com uma rede de colaboradores, entre eles o Dr. Eliseu Alves Waldman e a Dra. Ana Paula Sayuri Sato, ambos Professores da FSP/USP, e a Dra. Rossana Verónica Mendoza Lopez, também ex-aluna da instituição.
Essa segunda fase do estudo terá duração de apenas três dias, contendo um questionário simples e rápido onde todos podem participar, independente de terem participado ou não da primeira fase. Para preencher o questionário, bem como ter acesso ao protocolo de pesquisa, basta acessar o link:

Leia Também