Acesso à Saúde Sexual e Saúde Reprodutiva no Contexto da Pandemia da COVID-19

Compartilhar

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Acesso à Saúde Sexual e Saúde Reprodutiva no Contexto da Pandemia da COVID-19

Publicado originalmente no Portal de Boas Práticas do IFF/FIOCRUZ

Publicação do Ministério da Saúde trata da Saúde Sexual e Reprodutiva das Mulheres no contexto da pandemia da COVID-19. Os serviços de saúde vivem tempos desafiadores. A rede de atenção tem fragilidades que se tornaram mais evidentes com a pandemia. A necessidade de garantir acesso integral à Saúde da Mulher perpassa a Saúde Sexual e Saúde Reprodutiva (SSSR), bem como a saúde materna e infantil, e deve ir ao encontro do contexto e das prioridades regionais, de modo a estruturar uma resposta rápida e eficaz .

Segundo a OMS, as unidades que oferecem serviços de SSSR são consideradas essenciais e os serviços não devem ser descontinuados durante a pandemia de COVID-19.

Nota Técnica n.º 16/2020-COSMU/CGCIVI/DAPES/SAPS/MS
Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção Primária à Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Coordenação-Geral de Ciclos da Vida. Coordenação de Saúde das Mulheres.  SEI/MS – 0015082716 – Nota Técnica n.º 16/2020-COSMU/CGCIVI/DAPES/SAPS/MS – Acesso à Saúde Sexual e Saúde Reprodutiva no Contexto da Pandemia da COVID-19. 01 Jun. 2020.

 

Leia Também