Pesquisa como Gestantes e Puéperas estão vivenciando a atual Pandemia pelo Coronavírus e o período de isolamento social

A *Escola de Profissionais da Parentalidade (EPP)* está realizando uma *pesquisa de opinião sobre como gestantes  e puéperas (mulheres com filhos até 2 meses) brasileiras estão vivenciando a atual Pandemia pelo Coronavírus e o período de isolamento social*.

Pedimos a sua colaboração, respondendo, caso você seja Gestante ou Puérpera (esteja com um bebê de até 2 meses), e/ou apoiando na divulgação em suas mídias sociais, e em especial, grupos de gestantes e puéperas.
Essa pesquisa faz parte de um estudo que nos ajudará a conhecer e cuidar melhor dessas mulheres, que já vivenciam um momento de muita fragilidade emocional e, agora, passam por isso nesse momento de crise mundial.
A pesquisa é *anônima* e pode ser respondida em menos de *10 minutos*. Ela só ficará ativa até dia *27/04/20* e para respondê-la basta clicar no link abaixo: ⤵️
Desde já agradecemos a sua colaboração!

Pesquisa para entender como os cidadãos estão lidando com o Coronavírus

Por favor nos ajude a entender como os cidadãos estão se preparando/ lidando com o Coronavírus! Nós somos um time internacional de pesquisadores (10 universidades incluindo Harvard, Oxfod, Cambridge). A pesquisa está em +20 línguas, Para acessar a Pesquisa  em Português clique aqui

O Coronavírus continua a se espalhar pelo mundo. Até o momento, não houve nenhuma avaliação de como os indivíduos percebem a situação e se comportam em resposta a ela. Esta pesquisa científica visa proporcionar uma melhor compreensão de como as pessoas no seu país vivenciam a crise causada pelo coronavírus. Além de perguntas sobre seus comportamentos pessoais e percepções do novo coronavírus, o estudo também avalia aspectos sociodemográficos e características gerais.

O estudo leva aproximadamente 10 minutos para ser concluído e é conduzido como um esforço conjunto de colaboração por uma equipe internacional de pesquisadores. Os dados resultantes podem oferecer informações importantes para combater o coronavírus. Os dados serão utilizados apenas para pesquisa e não para fins comerciais. Suas respostas permanecerão estritamente anônimas.