Em um parto em casa, quando é a hora de apertar o botão vermelho?

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Segundo Bráulio, que também é coordenador de comunicação da ONG Rede pela Humanização do Parto e Nascimento (ReHuNa), a situação mais comum de transferência para o hospital é quando a gestante decide tomar anestesia. “Noventa e cinco por cento dos partos que começam em casa terminam em casa.”

Link

Leia Também