Lei de Janaína Paschoal vai aumentar a morte materna no Brasil, garante obstetra

Compartilhar

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

O obstetra Bráulio Zorzella, membro da Rehuna, Rede pela Humanização do Parto e do Nascimento, deu entrevista hoje pela manhã à Rádio Eldorado, do grupo Estado. O médico é conhecido por taxas que giram em torno de 90% de partos normais em seus atendimentos e é fonte conhecida aqui nesse blog. Bráulio contou que se encontrou com a deputada juntamente com a Sogesp, a Associação de Ginecologia e Obstetrícia de São Paulo, para apresentar evidências científicas que mostravam os equívocos no projeto de lei, mas tais argumentos não foram considerados e o PL aprovado rapidamente, sem passar sequer por comissões específicas onde os PL´s costumam ser discutidos. “Eu entendo muito de medicina e pouco de política”, afirmou, ao ser perguntado sobre os motivos pelos quais acredita que a lei tenha sido aceita em regime de urgência pelo legislativo paulista. “A gente se assustou muito com isso, os especialistas foram completamente desacreditados. A gente espera que o governador veja que é absurda essa lei, que ele não sancione”, completou.

Matéria completa aqui

Leia Também